14 de julho de 2017

Máquina de coser

Boa tarde:

Verão loucura !!!, o tempo não me dá tudo que eu quero fazer. Eu não tenho tempo e não me dar a força, mas neste são e uma melhor qualidade de vida nos movemos.

Nós já estão instalados na casa para o sul no verão. As crianças mais velhas são com as outras partes, então eu estou tomando o tempo para desfrutar o anão e aproximar-se, o que é sempre bom.

Eu ainda faço exercícios diariamente. Eu tomo de manhã depois de acordar meu corpo decidir um tempo diferente -lleva minha mente. Também estou com trechos relevantes e alimentação saudável eu vou descobrir novos sabores que permaneceram escondidos para o meu paladar.

A verdade é que ele me incentiva a me ver na estrada; ver que eu estou batendo a procrastinação que eu tinha antes sobre exercício foi. Eu também incentivou muito sol, a luz é muito necessário para o meu melhor humor.

Estou adaptando a nova medicação e estou no processo de fornecer o outro. Eu não sei se eu ajudar, porque a dor ainda, mas é verdade que a fadiga tinha agora se sentem certas horas, para que eu possa realizar mais atividades do que você fez antes.

Em agosto de vir o resto de anões e a verdade, mesmo desejando que me dá um pouco de medo do trabalho envolvido, eu espero que você entenda que a colaboração é fundamental e nós alcançar a harmonia que ele viveu em casa antes que eles tivessem para sair. Eu acho que nós vamos ter muitas coisas para nos dizer e nós vamos fazer com o passar do tempo.

No calor do dia eu tomar e fazer algum exercício na piscina; Eu não todos os dias que não dão muito, mas isso me faz sentir bem. Os dias estou exausto, ou não-apenas ir para o terraço ou flutuar sem mais dentro dele.

Eu ainda estou tentando aprender a costurar com a máquina, mas eu não estou recebendo. Espero que quando volta com Ana me explicar o que eu estou fazendo errado. Eu cortei um vestido Agnes e tenho a costurar à mão porque a máquina não me escuta, jijiji.

Obrigado pela leitura, mando beijos e abraços implorando ação para ajudar mais pessoas.

María Díaz.